>Batman – Cavaleiro das Trevas

Publicado: março 10, 2011 em Batman, Quadrinhos, review

>Se você encontrou esse link procurando pelo filme de 2008, peço desculpas mas também convido a ficar e conhecer a obra dos quadrinhos que deu origem ao filme e fez todos os que leram ficarem boquiabertos.

Batman – O Cavaleiro das Trevas se passa nos anos 80, em meio à Guerra Fria, tendo se passado 10 anos da morte de Jason Todd, o segundo Robin.
Bruce Wayne tinha pendurado a capa nos últimos 10 anos, um conflito entre os EUA e a URSS acontecia numa ilha da América do Sul e para piorar uma gangue extremamente cruel chamada de Mutantes (não sejam cretinos de pensarem na antiga banda da Rita Lee) matava sem inibições morais.
Wayne sofria de insônia e sonambulismo, muitas vezes acordando no meio da noite dentro da Batcaverna.
O que impedia Bruce de vestir o capuz acima de tudo?
Sua idade. Nessa HQ Bruce tem 55 anos e como todos os outros heróis humanos, envelheceu.
Os super-criminosos estavam presos, mortos ou aposentados, e acreditava-se o mesmo do justiceiro encapuzado.

Essa mini-serie em 4 edições, escrita por Frank Miller certamente não foi escrita para crianças afinal mostra que heróis não são tão inocentes e honrados quanto se esperava.

Spoiler time \o/ (se você não quiser ler, vá para o fim do post)

Batman – O Cavaleiro das Trevas mostra um lado mais psicológico do herói mais psicológico de todos os tempos.
Mostra um homem que veste novamente a capa apesar da idade, das dores e das advertências de seu melhor amigo e mordomo, Alfred, tudo para lutar pelo que é certo, tão destemido quanto quando tinha 20 ou 30 anos.
Mostra um país onde os heróis debandaram para outros mundos ou se aposentaram.
Mostra um Arqueiro Verde amputado que perdeu um braço por ser considerado criminoso e dando a entender que quem o arrancou foi ninguém menos que o Superman.
A primeira edição mostra um Duas-Caras operado, com seu rosto recuperado e alma destruida.
A segunda mostra Wayne lutando contra o líder dos Mutantes, que é mais forte, rápido e jovem, mas ainda assim provando sua ousadia.
Na terceira edição temos o confronto definitivo com o Coringa, onde o palhaço do crime dá sua última risada.
Na edição final há aquele combate pelo qual todos esperaram desde o inicio de suas vidas quadrinisticas, o Cavaleiro das Trevas lutando com seu melhor amigo, o Homem de Aço!

Um ponto alto dessa HQ que se passa numa realidade alternativa à linha normal da DC é a terceira Robin. Sim, você não leu errado. TERCEIRA!
Uma garota salva pelo Batman na sua primeira noite de saída da aposentadoria que decidiu combater o crime ao lado de seu salvador.
A garota tem papel importante na mini-série.

Conclusão:

Existem 2 séries da DC que eu sinceramente fico de queixo caído. Watchmen e Cavaleiro das Trevas (ambas lançadas no mesmo ano).
As duas revistas falam sobre a Guerra Fria e o as conseqüências de um holocausto nuclear.
São HQs para adultos, não esperem heróis moralistas e que tem medo de matar.
Cavaleiro das Trevas de fato é a obra definitiva sobre Batman.
É uma HQ difícil de se encontrar em sebos, se não acharem em sites como o Mercado Livre ou sites de editora, existem alguns blogs que disponibilizam scans da mesma.
Agradeço a quem leu.
Em breve um post sobre Watchmen.

comentários
  1. João disse:

    >Eu li,Por nada. O prazer foi todo nosso

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s