>Defenestrando merda no aparelho elétrico produtor de vento

Publicado: março 4, 2011 em Uncategorized

>

Boa noite, bom dia ou vá à merda.
Esse e o primeiro post do Defenestrando a Mendranga, que simplesmente é um jeito bonito e intelectual de dizer que estou enrabando a sua mãe.
Eu sou o Crow, seu anfitrião, a festa não é open bar e você terá que pagar com o corpo, sem pensar duas vezes.
Hoje vamos falar de amor, nomenclaturas, tempo livre e talvez de que eu sou seu pai.
Durante a última hora, ou talvez mais, eu e nosso colega Tomatte, o tiozinho que também postará aqui ficamos pensando num nome pra essa bagaça.
Decidimos apelar pro grande sábio, olho que tudo vê, pai da tetéia que era tudo que eu procurava… O Google.
Dicionários online são uma maravilha porque sempre e sempre descobrimos coisas úteis neles.
Por exemplo, digitando “defenestrar” no dicionário inFormal e dei de cara com a reconstituição da morte de Isabela Nardoni.
Obviamente essa palavra ficou.
Pensamos em colocar algo que fosse sinônimo de “cagar” mas acabaria nos arranjando um processo desnecessário.
E por fim Mendranga, que é sinônimo de PIROCAAAAAAAAAAAA!
Soltando a rôla.
Eis o nome do blog para os incultos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s